• Controle de Pombos


  • Controle de Pombos

    Os pombos podem ser considerados uma verdadeira praga urbana. É certeza que você encontrará vasta população de pombos urbanos em qualquer grande cidade do mundo. Isto porque eles estão presente ao redor do globo, com exceção das zonas populares.

    Apesar de serem apenas pássaros, os pombos podem trazer diversos danos à saúde e ao comércio local. Eles foram apelidados de “ratos de asa” por conta do número de doenças que são transmitidas através deles, mas não é por isso que você pode sair caçando estes animais.

    A Loremí é uma das empresas especializadas na captura e remoção de pombos com segurança para o ambiente, clientes e animais. As principais formas de controle de pombo são:

    • Controle populacional - O controle populacional de pombos é feito através da captura dos pombos por profissionais especializados.
    • Barreiras físicas - A Loremí oferece mais de 100 opções de barreiras físicas diferentes para impedir que os pombos entrem em estabelecimentos e imóveis.

    Estes trabalhos não são separados, mas um é complementar ao outro. O controle populacional serve para remover os pombos que já estão em seu ambiente, enquanto as barreiras físicas evitam que novas populações voltem a se instalar.

    Pela quantidade de doenças transmitidas através dos pombos e os problemas que eles podem trazer para alguns setores de mercado, o controle de pombos é serviço essencial para empresas voltadas à alimentação humana e animal, saúde, hotelarias e condomínios residenciais.

    Algumas empresas buscam alternativas baratas e mais simples para controlar os pombos, como gel, repelentes ultrassônicos e gavião empalhado, mas estas alternativas não trazem resultados verdadeiros.

    Na maioria destas práticas utilizadas por pessoas sem conhecimento técnico do controle, os pombos se acostumam ou quebram as barreiras criadas. E a população da praga urbana permanece.

    Os pombos nas cidades

    O pombo doméstico, ou o pombo urbano, é parente próximo dos pombos correios. Existem registros de que eles já eram criados por asiáticos há cerca de cinco mil anos atrás. Aqui pelo brasil, eles chegaram através dos europeus como animais de estimação.

    Os pombos se adaptaram muito bem ao Brasil e seus grandes centros urbanos por dois motivos: facilidade de conseguir comida e facilidade de encontrar esconderijos. Por isso, eles são muito comuns nas grandes cidades, onde tem muitas opções para estes dois elementos.

    Nos grandes centros urbanos do nosso País, eles se abrigam em locais altos, como forros de telhado, beirais de edifício, vão de instalação de ar-condicionado e outros abrigos longe do chão. No geral, os pombos buscam moradia acima dos 3m de altura.

    Além disso, o outro fator, alimentação, também é importante. Os pombos costumam se abrigar em locais que estão no máximo 200m de fontes de alimentos. Por isso, eles sempre estão muito próximos de restaurantes, lanchonetes e residências.

    Por conta destas condições que os pombos encontram nas grandes cidades, o controle habitacional para as empresas que tratam diretamente com alimentação e saúde é inadiável.